Publicidade
Publicidade - Super banner
Dicas de Moda
enhanced by Google
 

Como tirar o cheiro de mofo das roupas

Nada de usar peças com cheiro de guardado. Cuidados simples evitam e remediam esse problema típico do inverno

Andressa Zanandrea |

Getty Images
Use as roupas de inverno sem cheiro de mofo
De repente a temperatura caiu 15 graus e você se esqueceu de colocar as roupas de frio para lavar. O jeito é usá-las com aquele cheirinho desagradável de guardado. Agora que as temperaturas baixas deram uma leve trégua, é hora de cuidar disso antes de a próxima frente fria chegar e lavar malhas, casacos, cachecóis, luvas e gorros antes de usá-los novamente.

É preciso tomar alguns cuidados na hora de lavar essas peças. A consultora pessoal Heloisa Sundfeld, da Help Personal Assistant, dá algumas dicas: "Se houver bolor, a dica é umedecer com água e água oxigenada 10 volumes e colocar a peça para quarar ao sol. Já para o mofo, em tecido branco ou de cor resistente, mergulhe e deixe um pouco na água com água sanitária diluída. Em tecido de cor, umedeça com suco de limão. Em tecido sintético ou seda, molhe num banho de leite.” Sempre leia antes as instruções de lavagem , contidas nas etiquetas das roupas, para não correr o risco de danificá-las. Peças de lã, por exemplo, não devem ser secas em secadora, pois, assim, podem encolher.

Se houver mofo dentro dos armários, é necessário tirar tudo de dentro deles e limpá-los. “Prepare um solução com um litro de água para quatro colheres de sopa de vinagre e passe um pano umedecido nas parte internas dos armários. Deixe secar bem e só então recoloque de volta o que foi tirado”, ensina Heloisa. Os armários devem ficar abertos por cerca de uma hora todos os dias, principalmente se houver sol, para evitar que o mofo e a umidade se instalem nas roupas, que devem ficar em um espaço ventilado para evitar ácaros. “Eles geralmente se desenvolvem em locais escuros, úmidos e sem ventilação. Com esta atitude simples, se torna difícil a proliferação de microorganismos nas roupas”, completa. 

Até o próximo inverno
Quando o frio for embora, as peças podem ser guardadas em embalagens a vácuo, de maneira que fiquem protegidas da umidade e de traças. Outra opção são as capas de TNT, que permitem que as roupas fiquem ventiladas - ao contrário do plástico. Não há diferença entre guardá-las no armário, em caixas ou em malas, desde que se tome cuidados para prevenir o aparecimento do mofo. O primeiro deles é lavar as roupas antes de guardá-las, mesmo que aparentemente estejam limpas. "A gordura e o calor do corpo fazem com que as peças amarelem e fiquem com cheiro desagradável", explica Heloisa.

Siga o iG Moda no Twitter e receba notícias em tempo real!

Para evitar que as roupas embolorem, o ideal é colocar produtos que absorvem a umidade, vendidos em supermercados. Outra dica de Heloisa é colocar cravos-da-índia no local onde as peças ficarão guardadas, para que elas fiquem com cheiro agradável. Barrinhas de cânfora e bolas de sândalo também evitam o cheiro de mofo, mas não podem ser usadas por pessoas alérgicas. “Pode-se optar por soluções caseiras, como pedaços de giz ou comprimido efervescente, normalmente aqueles contra má digestão. Eles ajudam a absorver a umidade”, diz Heloisa. Se você tem o costume de colocar sabonetes ou sachês com as roupas, lembre-se de trocá-los periodicamente.

Antes de guardar sapatos de inverno, a consultora pessoal também recomenda cuidados: engraxe-os, limpe as solas e coloque Lysoform em spray dentro. Deixe que sequem bem, de um dia para o outro, e então guarde-os em sacos de TNT, como os que vêm das sapatarias. Assim como as roupas, não os guarde em sacos plásticos, que impedem a ventilação, o que facilita o aparecimento do mofo.

Leia tudo sobre: roupasconservaçãoespecial invernomofo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG