Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Homens de saia: e aí, estiloso ou arriscado?

Em alguns eventos do ano passado, Marc Jacob surpreendeu o mundo ao aparecer usando diferentes modelos de kilt. Durante a semana de moda de Nova York, outros três estilistas apresentaram vestidos em suas coleções masculinas. É o fim dos dias? De jeito nenhum! Quem disse que saia e homens não combinam?

Bia Bonduki |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=moda%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237530055974&_c_=MiGComponente_C

A história não nega: desde as civilizações mais antigas, a saia faz parte do vestuário masculino. Nas sociedades orientais, encontramos o sarongue, o dhoti e o lungi. No oriente médio, descendo até os países africanos, o caftan é uma vestimenta tradicional.

E, voltando um pouco mais no tempo, tínhamos os gladiadores de saia e os césares de toga. Já na Escócia, o kilt ¿ saia pregada e de fecho envelope ¿ indicava, através da cor de sua padronagem xadrez, o clã que a pessoa fazia parte. Como se pode ver, saias e homens são grandes conhecidos.

É claro, há algumas regras de uso para a combinação ficar autêntica. Afinal, nenhum homem quer parecer aquele tio que todo ano sai vestido de mulher no carnaval. Por isso, a aposta mais certa é o kilt, na altura do joelho. Para combinar, sandálias baixas e uma camisa básica. Caso a opção seja um vestido, uma calça por baixo completa o visual, deixando com cara de túnica. 

Homem de saia, é claro que pode. Só falta mesmo é a coragem para ousar!

Leia mais sobre: homens de saia

Leia tudo sobre: caftandhotihomens de saiakiltlungisarongue

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG